Solta o cano que não cai, solta o cano ta tranquilão

Hit para o carnaval de 2017.

Ah, feliz ano novo, atrasado.

Seis formas básicas de checar se uma informação é verdadeira na internet

O site aí listou uma série de links para você verificar a veracidade de informações na internet. Essencial em época onde muita gente tem o dedo rápido pra disseminar porcaria pela rede. Aqui. O truque mais simples é pegar uma foto, extrair de um contexto, e inventar outro.

Só tou levantando o assunto porque normalmente eu checo antes de compartilhar pautas polêmicas. Se o site é pouco conhecido, se não existe outro lugar falando do mesmo assunto ou se é um meme, nascido e criado pelo Facebook eu não compartilho. Devia ser regra pra qualquer um, mas não é. E tanto faz sua posição política.

Documento Especial no Youtube

Antes da internet, netflix, torrent e youtube, a principal diversão era a TV. E das poucas coisas legais que a TV aberta transmitia, Documento Especial era uma delas. Matérias com a realidade nua e crua, fora dos padrões globais da época. Nele, nada de tuiuiu do pantanal ou as belezas da amazônia, era porrada, sangue, briga de bêbado na madrugada, travestis, o submundo, o feio, o sujo.

Eis que eles finalmente apareceram, oficialmente, no Youtube. Assisti dois, tão atuais, infelizmente:

O País da Impunidade – Sobre impunidade e corrupção

Os Pobres Vão à Praia – Mostra que o Rio de Janeiro não mudou muita coisa em 30 anos

E tem mais aqui.

Tempos difíceis

facebook_politics

Se a gente tivesse passado por uma guerra de verdade, com sangue e bomba, não perderia tantos amigos.

Acho que certas pessoas que passaram por nossas vidas podem ser socialmente deletadas sem maiores problemas, elas realmente pertencem a outra época. Elas não pertecem ao nosso presente. Mas ignorar amizades do passado machuca.

Tempos difíceis.

House of Cunha

Um pouco de política. É chato, eu sei. Mas são dois links legais para compartilhar:

Quem me representa?
http://qmrepresenta.com.br/
Traz um gráfico dinâmico para você descobrir quais deputados se parecem com você em temas polêmicos da câmara. Bem legal. Fiz aqui e fiquei em 11 de 13 das posições que o meu Deputado Federal votou. E isso prova que não dá pra transformar a política num flá-flu.

House of Cunha
http://houseofcunha.com.br/
Nesse aqui você descobre quem está no time do nefasto Eduardo Cunha e quem está no time contra.

Respeitamos qualquer posição política nos comentários desde que você não seja um idiota que defenda a volta da ditadura militar.

Democracia

1º detabe online de presidenciáveis é cancelado. Hm, então porque raios confirmaram? Como diria minha avó Idalina: Nunca confie em alguém que almeja um cargo público…

Publicado em 2 comentários em Democracia
Categorias Política

O site mais caro do mundo

É brasil!!!!

17 milhões para fazer um site? Sendo que já existe o site oficial da Câmara, com as MESMAS informações? Tá me tirando Dalton Silvano?

Se cada sujeito de São paulo doar 1 real, vai ficar faltando 6 milhões para fazer o site…

Modernizando os Cursos

Tudo mudou, né? Os cursos também mudaram.
Na minha época era o Instuto Universal Brasileiro que pegava, que vinha na contracapa do gibi da Mônica.

O Ralf, como um bonvivant, se formou Engenheiro pelo Instituto e ganhou fama e dinheiro. Agora mora no Istêites Unáited para fugir do fisco.

Temos o Senac, que virou faculdade e profissionalizou o esquema. Para alguns serviu de refúgio para quem não queria muito blá blá blá.

Depois veio a Casa do Saber, conhecida como DaslUsp, com cursos variados como “Punk” para senhoras católicas, “Anos 80” para quem tem memória curta ou tinha algo melhor pra fazer na Europa, e agora “Índia” para entender novelas. Esse é para as pessoas mais “hi level” do Jardins, não serve muito pra ganhar uma graninha, não precisa pegar no pesado.

A classe média se adiantou, e agora lançou a “Escola-dos-Mordenos”, adivinha onde ? Augusta claro.
Na Escola São Paulo vc encontra vários cursos de [coloque-alguma-coisa-aqui] na internet, ou [coloque alguma-coisa-aqui] na moda.

O homem-de-lata, por exemplo, faz a Faculdade YouTube, que é mais social, não tem material impresso que derruba as árvores, com custo mesmo só da banda larga. Ops, falei errado, não é custo né camarada, isso é para vc! E se é para vc, é INVESTIMENTO !!! (sic)