Por que não vemos a evidência de vida extraterrestre?

Semana passada choveu notícia sobre um suposta megaestrutura alienígena em volta de uma estrela a 1500 anos luz da Terra decoberta pela sonda Kepler. O mais provável é que sejam cometas, mas que a estrela KIC 8462852 emite estranhos sinais isso é fato. Pode até ser uma Esfera de Dyson feita por ETs, tanto faz. O que importa aqui é ter parcimônia. Pressa é um conceito que deveria ser abolido para quem estuda Astronomia e Astrofísica. Ainda somos novatos no assunto: o primeiro exoplaneta foi descoberto em 1989.

Esse grande silêncio (citado no paradoxo de Fermi) pode ser porque a busca por sinais extraterrestres cobre uma fatia muito pequena do universo observável. Boto fé que se derem uma vitaminada nas antenas e sondas vai dar pra ouvir até o que os ETs falam ao telefone. Basta telefonar para o número certo.

Olha aí a cobertura da mídia gringa:

» NASA’s Kepler Telescope Discovers a Colossal Artificial Structure Orbiting a Star in Our Vicinity

» No Alien Signals Detected From Kepler’s New Exoplanet

» ‘Alien megastructure’ could explain mysterious new Kepler results

» No Signals from Newest Kepler Planet

» Kepler’s ‘Bizarre’ Signal Sparks Alien Intelligence Speculation

» Has Kepler Discovered an Alien Megastructure?

» KIC 8462852 Looks Strange, But Is It A Sign Of Aliens?

2 comentários sobre “Por que não vemos a evidência de vida extraterrestre?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao comentar você está concordando com os nossos Termos de Uso.