Disperdício ou desperdício?

Na dúvida, procure no google, certo? Quem der mais resultados está correto. Certo? Não. Errado. O google não é dicionário de português. E também não é consultório médico, psicólogo, terapeuta ou advogado. Na dúvida, procure pelo dicionário, primeiro. Saca só o resutado da pergunta aí do título:

Resultados 1 – 10 de aproximadamente 4.370.000 para desperdício
Resultados 1 – 10 de aproximadamente 4.400.000 para disperdício

Praticamente um empate técnico.

Só estou comentando o assunto para levantar que a relevância do resultado da busca do google anda derrapando feio, por dois motivos básicos: a base de dados antiga e o SEO marketeiro. Nada contra o SEO marketeiro, que precisa vender para quem precisa aparecer. Mas aí sobra o primeiro motivo: a base de dados, já antiga e ultrapassada. E com isso, sai a relevância e entra o garimpo.

Que atire o primeiro teclado quem nunca procurou por uma notícia recente e deu de cara com uma notícia de alguns anos atrás. E quem aí já perdeu uma boa meia hora tentando achar notícias recentes sobre o melhor antívirus do mercado ou qual foi o último upgrade daquele software que você baixou no ano passado.

Ou pior, você acha, mas o site que aparece pede cadastro. Tipo o sinistro Experts Exchange, que é campeão em resultados, mesmo com o conteúdo fechado. Das duas uma, ou rola uma verba nervosa para que o site apareça nos primeiros resultados mesmo sem ter conteúdo algum ou o google tá vacilando forte na lógica da busca. Com isso, já já vai acontecer o mesmo que aconteceu com o Yahoo! da era do diretório. Era tanta categoria, tanto site, que acabou minguando por falta de cuidado e pelo excesso. O google, a meu ver, está trilhando o mesmo caminho.

Pode ser viagem minha, mas tou numas de não idolatrar qualquer tipo de hype de internet. Seja Apple, podcast, orkut, twitter, wikipedia, blogger, blogueiro, qualquer technologia ou gadget. Porque no fim, sempre aparece uma novidade, um upgrade ou um concorrente. É tipo o que acontece com o Firefox ganhando terreno do IE. O Firefox funciona, e bem. É só esperar que, com o tempo, vai colocar o navegador da Microsoft no chinelo. Fato.

Gosto de serviços quem funcionem. De preferência a meu favor. Já faz um bom tempo que recebemos emails pedindo para trocar banner com o Ovelha. E nem temos banner para trocar. A troca nem sempre sinaliza a lua-de-mel de blogs, mas leva em conta o sistema de ranking do google. Algo na linha do “quanto mais links para o meu site, mais pontos eu ganho no google”. Não aprovo esse approach. Não fazemos troca-troca para ganhar ou dar visitas. Não queremos gerar visitas dessa maneira. Não é um método justo de escalar o restultado da busca por que não tem critério. Pouco me importa se teu site é bem rankeado. Se tá ou não no technoratti. Não somos muito chegados a rótulos, prêmios, títulos ou manias.

No âmbito pessoal, pouco me importa se teu perfil no likedin tem 500 contatos, se você tem 1000 amigos no orkut, se o teu site é famoso aqui ou acolá. Pouco me interessa se você tem a gadget que tá na moda, ou se o filme do diretor iraniano ganhou ou não um Oscar. Pouco me interessa em saber se o fulano falou que o disco novo do Zé Fulano é bom ou ruim. Se o crítico deu nota boa ou ruim pro último filme do Woody Allen. Eu gosto testar e encontrar minhas próprias conclusões. Acho válido testar. Acho mais lógico pensar. E me interesso pela qualidade. Sorte minha que o conceito de qualidade é subjetiva.

Mas ultimamente tenho notado que quanto mais gente entra na internet, mais a internet fica parecida com a TV. E como na TV, a gente acaba precisando dar muito zap pra ver algo legal, criativo, inspirador e com um mínimo de inteligência. E ultimamente, até o controle remoto da internet anda falhando.

Se alguém aí tiver uma previsão otmisita ou um algorítimo de busca melhor, me avise. Por que garimpar coisa boa no meio de 4.000.000 de resultados tá ficando cada vez mais difícil.

18 Comentários:

  1. o segredo do google eh isso

    ele pode ficar tipo uns meses sem funcionar, que ninguem vai se tocar.

    esse beneficio eh muito bom, jah trabalhei em projetos que tinham essa vantagem

    porem, no final, sempre alguem tem que se fuder, e esse alguem era sempre eu ahuahuahuahu que durante esses “meses” de falha, ficava se virando para arrumar as cagadas, pra depois algum filho da puta preguicoso E MAL CARATER ACIM A DE TUDO, fuder tudo denovo…

    parece que no google tah desbalanceada a realacao “bonzinhos que ganham mal” x “filhus da puta super hype”

    uaahuahuahuau

  2. acompanho ovelha há algum tempo e nunca deixei comentário ou coisa assim. não sei se é poser blasé ou se isso de fato acontece, mas é muito bom lê-los sem me deparar com posts-propagandas e mil e um banners de blogs top top.
    quanto ao google, pra mim, o pior é essa molecada geração-google que de uma hora pra outra sabe de tudo, mas nao sabe o porque.

  3. legal mano
    sao os novos tempos, a gente tem que se adaptar

    tipo, antigamente ninguem sabia qual era a primeira musica heavy metal da historia, soh quem ouvia backstage, que o cara falava toda hora ahuahuhu

    hj em dia todo mundo sabe, ou em 5 segundos fica sabendo.

    mas isso, pelo menos pra mim, me orgulha de uma certa forma.

    quando eu era mais novo, os caras sempre tiravam barato pq eu gostava de metal e punk, nao tinha medo do capeta, pq lia quadrinhos e gostava de computador.

    hj em dia tah mais do que provado que eu sabia o que era bom ahuahuhuahu

  4. homem robo, seu texto me inspirou… eu tb não indolatro nada. uso o que funciona. tenho no trabalho um MAC, um PC e um Linux. uso o que tem de melhor em cada. E odeio o Expert Exchange. por mim pode dinamitar esses caras.
    Se vc se candidatar a vereador eu voto em vocÊ!

    OVELHA RULES!

  5. @rjaffier, valeu! teu comentário, tiramos o google ads pq ganhamos 200 reau em mais de vários milhões de exbicições, achei q não compensava, e post pago, aqui, só entra se alguém pagar acima de 5000, e ainda assim avisaremos q o post é pago.. hehehe
    @agaynstty0, imagina eu, nerdinho de rock, gibi e morando em rio preto.. hehehe sorte minha q eu tinha um PC 500, um MSX, um XT e um 486
    @ralf, vc é allstar mano, nem vem, bota umas dicas geek ae pra galera

  6. eu tenho um k6 266 mhz e uso o que tem de melhor dele. rs. sacanagem…
    se quiser eu faço rolo nele pra você fazer um post dum jornal que to fazendo aí, tá rolando?

  7. Bom, só gostaria de esclarecer a parte na qual o google retorna coisa velha. É fato, pois ele retorna os mais relevantes. Mas, existe uma solução se você estiver procurando coisas de um determinado tempo atrás, ou seja, páginas que foram recentemente adicionadas ao google + a relevância com a sua pesquisa. É só ir em “Pesquisa Avançada” e selecionar o campo “Data”, aí terás notícias novas e relevantes.

  8. Caí porque queria saber a forma certa de escrever a palavra e acabei vendo que tu falou sobre o Experts Exchange – o maledeto.

    Ele consegue aparecer em tudo porque ele não é tão fechado assim, se tu rolar a página até o final tu vai ver que as respostas estão todas lá, então o google acaba indexando.

    Outra coisa muito comum, alguns sites verificam se o acesso vem dos bots do Google e exibem conteúdo fechado, “malandragem” no seu último nível :)

    Abraço

  9. Cara, eu também só queria saber como se escrevia, mas acabei lendo o post todo porque achei super irado. De qualquer forma, valeu por me lembrar que existe dicionário… Já que o Google não é perfeito, quem sabe alguem brasileiro não se habilite a fazer um concorrente melhor, que fique mais famoso e o deixe mais rico que os americanos. Ah, eu vou jogar todos meus computadores fora e ficar só com o meu celular!

  10. Esse search fail do google por palavras, em notícias por exemplo, acontece só no português (não vi outras línguas), com o inglês isso não acontece muito, é raro.

    Quanto a internet estar virando TV e vice versa, concordo em partes, pois o público da TV tá acessando mais a internet, então as grandes mídias estão tentando investir e fechar mais seu conteúdo de internet, alienando um pouco o povo ou incentivando alienados a entrar na www.

    Mas isso é apenas a superfície, quem já acessa a internet desde o final dos anos noventa, sabe como sair desse lugar comum e analisar resultados de busca, como você e eu estou fazendo exatamente neste instante, por isso desisti da busca por desperdício e disperdício e vou colocar no campo de “search” dicionário de português.

  11. Certo, pra bom entendedor (que não tenho certeza se sou hehehe) o correto então é “disperdício”, né? Se não me engano é isso mesmo!

  12. mas é um otário mesmo. faz um post sobre os problemas de pesquisa e na matéria, nem se dá a vergonha na cara de dizer qual é o correto.

    saiba que procurei no google isso justamente para cair em sites de portugues e dicionários online e descobrir o significado, e perco meu tempo com um post que não tem nada a ver com o original.

    pq não colocou como título alguma coisa relacionada ao google? nerd lesado viadinho.

  13. Realmente, não estou aqui pra defender o Google, mas você tem que saber usar a ferramenta para depois criticar.
    Quando você escreve “desperdício”, retorna um monte de resultado, mostrando links para o que o que você procura. Correto isso não?

    Quando você escreve “disperdício”, retorna um monte de resultado da mesma maneira, porque os criadores dos sites escrevem errado, e o Google faz a busca e te mostra o que você procura, da mesma maneira mesmo em desacordo com o dicionário. Errado Isso?

    Ai a grande sacada do Google e como ele é bom em buscas… quando você escreve errado, o Google te mostra logo ali encima a Correção: Você quis dizer: desperdício” Grande Google Não…

    Agora, problema de anuncio e esquema nos anúncios, e troca de banners, falcatruas, realmente o Google falha em não entender como o Brasileiro é esperto e ferra com tudo mesmo. Nesse ponto, nem o melhor código de buscas do mundo, que revolucionou buscas, pesquisas, pode ajudar.

    Mas sempre lembramos que a internet é o espaço mais democrático que existe. temos ai “outras” ferramentes de busca tão boas como google, tipo Bing, Ask, Lirics (essa é das boas) , Hao123.

    Facilitam muito mesmo a vida dos Internautas, fazem a Alegria de nós ‘formatadores” de Micros.

    Ah, e lembrando, ainda existe um premio de 1 milhão pra que fizer um código melhor ou igual ao do google não?

  14. Des.per.dí.ci:o sm. 1. Ato ou efeito de desperdiçar; desperdiçamento. 2. Desaproveitamento, extravio; perda.

    7° edição do Minidicionário Aurélio da Língua Portuguesa Impressão – novembro de 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>